17/09/2018 - 11:59 | Economia

Dólar abre em alta e é negociado a R$ 4,20

Mercado reage ao Datafolha de sexta-feira, que apontou um crescimento de Haddad, oscilação para baixo de Alckmin e aumento de rejeição a Bolsonaro

Mercado reage ao Datafolha de sexta-feira, que apontou um crescimento de Haddad, oscilação para baixo de Alckmin e aumento de rejeição a Bolsonaro

more_horiz

O dólar abriu em alta de 0,91% nesta segunda-feira (17) e é negociado a 4,2026 reais. A moeda está sendo influenciada pelos dados da pesquisa Datafolha divulgada na última sexta-feira (14), que apontou um crescimento de Fernando Haddad (PT), oscilação para baixo de Geraldo Alckmin (PSDB) e aumento de rejeição a Jair Bolsonaro (PSL)

“A velocidade de crescimento do Haddad pode incomodar”, disse o operador da H.Commcor, Cleber Alessie Machado Neto. Ele pondera que “é preciso ver quão esperado era esse resultado e, portanto, se estava precificado ou não”.

O mercado exterior hostil a ativos de países emergentes também contribui para a alta. No mercado global de moedas, o dólar segue forte perante as divisas dessas nações e fraco diante ao euro. Ante a lira turca, o dólar subia 2,42% na manhã desta segunda-feira. Ante o rublo russo, passou a cair (-0,13%). Perante o rand sul-africano, avançava 0,42%.

Mesmo tendo surpreendido positivamente, a divulgação do IBC-Br foi apenas monitorada pelos economistas nesta manhã. Segundo o Banco Central, a “prévia do PIB” registrou alta de 0,57% em julho ante junho.

Notícias sobre

Comentários
Deixe um comentário

Para comentar você precisará entrar com seu usuário e senha do Abril Accounts ou fazer login através do Facebook ou do Google+


voltar