13/04/2018 - 10:20 | Previdência

INSS: Termina nesta sexta-feira prazo de 94 mil beneficiários para agendar perícia de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez

Segundo governo, menos de 11% dos convocados atenderam a solicitação até o dia 10; processo faz parte do pente-fino do INSS e pode levar a exclusão de benefícios.

O prazo para 94 mil pessoas que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) agendarem a perícia médica se encerra nesta sexta-feira (13). A lista dos convocados foi divulgada em 23 de março no Diário Oficial da União.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), apenas 10.196 pessoas agendaram a perícia até o dia 10 de abril, ou seja, menos de 11% dos convocados.

O beneficiário deve agendar a perícia pela Central de Atendimento da Previdência Social, no telefone 135.

INSS faz pente-fino nas aposentadorias por invalidez (Foto: Reprodução/TV Fronteira) INSS faz pente-fino nas aposentadorias por invalidez (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

INSS faz pente-fino nas aposentadorias por invalidez (Foto: Reprodução/TV Fronteira)

Eles são notificados em duas situações:

  • Beneficiários que precisam passar pelo exame e não foram localizados em razão de endereço desatualizado ou com informações incorretas
  • Beneficiários que receberam a carta do INSS, que comunica a necessidade do exame, mas não agendaram a perícia no prazo determinado.

Os notificados são 94.019 de um total de 4,88 milhões de beneficiários de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, distribuídos assim, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social:

  • Auxílio-doença: 51.562 de um total de 1,37 milhão de beneficiários
  • Aposentadoria por invalidez: 42.457 de 3,51 milhões de beneficiários

Pente-fino

A notificação faz parte das ações do pente-fino realizado pelo governo federal desde agosto de 2016 em benefícios por incapacidade pagos pelo INSS. O MDS planeja realizar 1,2 milhão de avaliações até o fim deste ano.

Em fevereiro, o governo enviou 522,6 mil cartas a beneficiários de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

 
 
há 15 minutos

Não vi o Temer na fila.. - muito estranho.

 
  • Jairo Silva
     
    há 24 minutos

    Martin, ele deve estar na fila do MORO.